.

Formação Profissional - I

.
Nossa realização profissional esta relacionada com à escolha correta que faremos para adquirirmos uma boa capacitação.

Por isso essa é uma questão que deixa muita gente indecisa. Afinal saber o que se deseja em termos de formação principalmente nos dias de hoje se torna cada vez mais difícil.
Antigamente, a toda criança ou adolescente que se perguntava o que você vai ser quando crescer, a resposta se limitava a poucas opções; vou ser professor (a), vou ser médico (a), vou ser advogado (a) e algumas mais.

Hoje com os avanços tecnológicos, as especializações e a globalização abriu-se um grande leque de opções. Quando que se ouvia falar em Agente de Turismo, Arquitetura, Paisagismo, Hotelaria hospitalar e tantas outras.

Antigamente um médico (a) tinha que ter conhecimento sobre todos os problemas que se manifestava no corpo físico, mental e psicológico.
Hoje existe especialidade médica para qualquer sintoma do corpo humano.

Com isso a indecisão só aumenta o que leva as pessoas a demorarem para se definir, ou quando decidem, mais tarde se arrependem do que escolheram. Muitos começam a exercer uma profissão, mais estão se preparando para outra.

Por outro lado com a competição acirrada que o mercado de trabalho impõe, a necessidade do estudo está cada vez mais influenciando na hora de buscar um emprego, o que leva os jovens muito cedo terem de decidir para irem se aprofundando com os estudos na área que desejam dedicar.

Outro fator que pesa na decisão a ser tomada é quanto ao retorno que vai gerar o investimento na formação; se seu desejo é trilhar uma carreira por vocação e por prazer, ou se limita ao sucesso financeiro.
Daí a importância da escolha de uma carreira, pesquisar e se informar a respeito dos prós e contras que cada profissão oferece diante dos desejos e realizações pessoais.

Quanto a família, eles têm um papel fundamental neste processo, pois devem orientar sem impor.
O que se deve evitar são aquelas situações em que os pais por já terem uma experiência com sucesso ou não na sua formação profissional, querem com seu ímpeto determinar aos filhos o que devem ou não seguir. É preciso conter esse desejo de quererem forçar a barra achando que com isso estão querendo o melhor para os filhos.

Há também aqueles que por excesso de liberalismo, preferem se omitir com a desculpa de não quererem interferir na vida dos filhos.
O fundamental é que os jovens sintam-se seguros que terão o apoio dos seus pais, não importa qual seja a sua decisão.
É preciso que essa fase da vida seja encarada com tranqüilidade pelos jovens e sua família. Afinal, toda decisão pressupõe incertezas e uma dose de risco. E esse é um dos primeiros grandes desafios do jovem diante de uma nova perspectiva.


Portanto, é preciso muita cautela por parte dos jovens e sua família para essa fase da vida. Decidir com segurança e com noção exata onde se quer chegar “quem não sabe onde quer ir não chega a lugar algum”.
Afinal, toda decisão pressupõe incertezas e uma dose de risco. E esse é o primeiro grande desafio do jovem diante do de uma perspectiva profissional que surge.

"Tentar alcançar realizações sem um objetivo firme na vida é igual à não alcançar nada." (Mary G. Roebling).

"O sucesso vem geralmente àqueles que estão muito ocupados para estar procurando por ele”.(Henry David Thoreau)

“Se você desenvolve os hábitos do sucesso, você fará do sucesso um hábito”.
(Michael E. Angier).

"Quem só confia na sorte tem que se contentar com o resultado dela."
(Calvin Coolidge).

Compartilhar                                                                                         Home

5 Deixe seu comentário:

Lazaro disse...

Formação profissional é como uma vocação. Quanto mais cedo despertar, melhor será preparado o futuro.

vera disse...

O nosso emprego não vai cair do céu.
Temos que ir a luta, correr atrás.
Investir na carreira, estudar, se dedicar.

Aleixo disse...

Nós pais precisamos desde cedo despertar em nossos filhos o interesse em descobrir uma vocação.
Assim quem sabe quando chegarem na hora certa saberão decidir.

Amélia disse...

Para ser um bom profissional, primeiro tem que estudar.
Depois escolher qual a profissão mais adequada e exercer com seriedade.

Ranulfo disse...

Lazaro, Vera, Aleixo e Amélia.
Agradeço a visita de vocês.

Exatamente precisamos desde cedo, termos ciência do que queremos na vida em termos de realização profissional.
Sabemos que nem sempre isso é possível, mas é importante que assim seja.
Para isso devemos adquirir conhecimentos e informações, percepção daquela profissão que nos identificamos. Depois é só correr atrás.

Abraços

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!