.

Meu mundo e nada mais

Estou no meio da multidão mas me sinto tão sozinho, não consigo ouvir nada e ninguém tudo é um silêncio.

Agora estou em um campo isolado longe de tudo, mas me sinto tocado, ouço e sinto a presença de alguém ali do meu lado.

Estou com um grupo de amigos batendo papo, ou fazendo um trabalho em grupo, todo mundo conversando comigo eu com eles, as pessoas olham para mim eu para elas, mas parece que não estou ali naquele instante, quando me retiro e se afasto daquele momento se alguém me perguntar alguma coisa do que ali foi comentado, provavelmente não saberei dizer porque na realidade não estava lá. Com certeza meu pensamento estava fora de tempo e espaço.

Tem também aqueles casos em que a gente fala; tenho vontade de entrar em um quarto, trancar a porta se desligar do mundo, só eu e meu pensamento.

E isso não acontece só em momentos de tristezas de magoas ou de dor, stress ou cansaço pode acontecer em momentos alegres e festivos.

Pode ser antes de termos que tomar uma decisão importante.

- Para, para tudo, devo estar ficando loucos, porque não consigo me concentrar, tem alguma coisa errada acontecendo comigo.

A verdade é que este momento para nos é um estado de espírito que devemos respeitar para o nosso próprio bem.

Isso é para ser natural, acontece com todos nos, é aquela coisa de estarmos precisando de um momento unico, como se o nosso universo pessoal nos chamasse para uma interiorização.

Não é loucura, egoísmo não é querer privacidade é simplesmente ter um momento com a nossa consciência sem a influência de ninguém. E assim podermos pensar, refletir, analisar uma situação, entender os fatos a nosso modo pessoal e colocar os pensamentos no lugar.

Os sábios os profetas foram pessoas que se refugiavam no se eu, refletiam com sua consciência para depois exporem seus pensamentos e idéias.

Portanto vivamos nosso momento interior, para depois voltarmos para o mundo das pessoas e a vida normal. Relacionar-se, interagir, participar com isso mostrar que estamos de volta não só de corpo mas também de alma.
Até o momento que precisarmos de novo refugiar-se em nosso mundo pessoal.

Guilherme Arantes
“Eu queria tanto estar no escuro do meu quarto
À meia-noite, à meia luz, sonhando
Daria tudo por meu mundo e nada mais”

5 Deixe seu comentário:

Alda disse...

Ficar só no nosso mundinho de vez em quando é legal.
Mas exagerar é paranóia.

Délia disse...

As vezes é bom desligar do real para viver só o nosso mundo imaginário.
Mas só de vez em quando, afinal a vida continua.

Ranulfo disse...

Olá Alda e Délia.
Tudo bem?

Concordo com vocês, de vez em quando precisamos nos recolher no nosso mundo interior.
Refletir conosco mesmo, tudo o que nos tem acontecido.
Depois voltarmos para o nosso mundo exterior e seguir em frente.

Abraços

Eda disse...

Viver em nosso mundo particular de vez em quando é bom demais, mas não devemos esquecer de enfrentar realidade.

Ranulfo disse...

Seja bem-vinda Eda!

A vida é para ser encarada de frente e enfrentada. E é isso que também buscamos em nosso mundo interior, coragem, determinação para agir e reagir sempre.

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!