.

Serenidade


- H oje meu dia está terrível, tenho tanta coisa pra fazer que nem sei se vou conseguir.

- Não estou agüentando mais a pressão no meu emprego.

- Meus filhos, cada dia que passa parece que nossa relação só piora.

- Eu com minha esposa, estamos perdendo o encanto.

- Meu marido está insuportável.

- Tenho tanta coisa da escola pra fazer, vou fazer uma prova e ainda tenho que me preparar para um concurso e alem do mais nem terminei este curso já tenho que pensar em outro.

- Desse jeito vou ficar maluco(a), estou até com medo de uma depressão.

- Por sinal alguns(mas) amigos(a) estão dizendo que uma hora estou agressivo(a), outra hora fechado(a).

- Não sei mais o que faço, daqui a pouco explodo e vai tudo para o espaço.

É assim mesmo, nossa vida está tão agitada, cheia de compromissos, conquistas, objetivos, insegurança por causa da violência, medo de perder o emprego e tantas outras coisas que nos deixam tensos, preocupados e nervosos.

Nossa estima vai lá em baixo deixando transparecer em nossa beleza exterior, mau humor, de mal com a vida, amargo e chato e sem contar em muitas doenças que começam aparecer.

Parece que não tem uma saída, uma luz, algo que nos acalme e devolva a serenidade.

Muito bem pra tentarmos sair desta situação desesperadora, precisamos saber refletir sobre tudo que está acontecendo, fazermos uma auto-análise e ver o que realmente depende de mim ou não, qual é a minha parcela de culpa, será que não fui eu que causei todo esse transtorno.

Em seguida ver o que não da pra mudar como fazer para conviver com isso sem desesperar.

Também temos que ver se a nossa relação com outras pessoas não está desgastada, se não sofreu uma ruptura, que tal sentar conversar, buscar pontos de convergências e tentar recomeçar.

Se precisar busque ajuda, não tenha vergonha, afinal não somos perfeitos, temos limitações e muitas das dificuldades que deparamos nem sempre sabemos lidar.
Uma outra sugestão procure mudar um pouco a sua rotina, novos ambientes, que tal passear em um bosque sentir o contato com a natureza, relaxa, respire fundo, sinta o cheiro da relva, deixe o vento tocar seu corpo, olhe para o céu se lance numa viagem.


Nesta viagem que tal entrar em sintonia com seu Deus, agora é só abrir seu coração, acredite muita coisa boa vai acontecer.

Só posso fazer uma coisa de cada vez, mas posso evitar fazer muitas coisas ao mesmo tempo.
(Ashleigh Brilliant)

Assista ao nascer do sol pelo menos uma vez por ano. S. Brown

Só por hoje farei um programa bem completo do meu dia. Talvez não o execute perfeitamente, mas em todo o caso, vou fazê-lo. E me guardarei bem de duas calamidades: a pressa e a indecisão – Papa João XXIII

3 Deixe seu comentário:

Adelaide disse...

Aprendamos a não tomar nenhuma atitude nos momentos em que estamos tensos, nervosos e abalados.
Para tudo existe o momento certo. O momento da serenidade

Antonio disse...

O ser humano é o mais complicado da criação Divina, faz tempestade
em um copo d'agua.
É so saber dosar vida fpra que ela fique maravilhosa.

Ranulfo disse...

Olá Adelaide,
Com certeza, senão ao invés de restabelecermos o bem estar, aumentaremos as dificuldades.

Oi Antonio,
Realmente somos muito complicado, porque no fundo somos inseguros e incertos.
Se soubermos dosar e equilibrar, com serenidade, aprenderemos a lidar com as situações.

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!