.

Carnaval I




 Uma festa que teve seu inicio registrado mais ou menos 500 anos A.C., na Grécia, em agradecimento aos deuses pela produtividade e fertilidade das terras.  
 
Por causa do excesso da promiscuidade, que não agradava a Igreja Católica, a mesma passou a influenciar nas comemorações e a restringindo, por considerar, estar em pecado, quem dela participava.
Posteriormente a igreja incorporou o carnaval ao seu calendário religioso.  

 
Por volta do século XVII, o carnaval chegou ao Brasil, trazido pelos europeus.
Inicialmente sua comemoração que se limitava apenas aos salões e pequenos blocos que percorriam algumas ruas das cidades.
Com o decorrer do tempo as festividades caíram no agrado do povo brasileiro, com ajuda das marchinhas carnavalescas foi crescendo e tomou dimensões de show e espetáculo e virou mega produções.

 
Praticamente não tem mais ligação e nem sofre influência da religião. A única coisa que está sendo preservada é sua data que segue calendário religioso.
Na realidade o carnaval Brasileiro se incorporou  ao calendário de Turismo Brasileiro. As comemorações tomaram tamanha proporção nas últimas décadas que o evento está na lista dos mais importantes.

Quando vai chegando à época para a festa milhares de cidades se preparam, organizam eventos e enfeitam-se para receber os turistas.
 
O carnaval não se nutre apenas de danças e folias.
 
Mesmo sazonal, o Carnaval tem hoje oportunidades de trabalho em quase todo o ano. As Escolas de Samba chegam a empregar, direta e indiretamente, cerca de 300 pessoas cada uma. 
Gera uma quantidade enorme de empregos formais, informais e serviços destinados ao atendimento de turistas que desembarcam em todos as regiões do Brasil neste período.

 
Toda cadeia produtiva é movimentada, tais como Rede de hotelaria, táxis, guias, ônibus, shoppings, restaurante e uma série de outros serviços pequenos que são prestados.
Mais isso tudo não dura só uma semana, no apogeu da festa.
Muita gente, antes de terminar o Carnaval de um ano, já está pensando no outro.



  Entre eles há costureiras, soldadores, artesãos, carpinteiros, ferreiros e marceneiros. Também há profissionais com ensino superior, como pesquisadores, decoradores, e outros artistas, que trabalham na parte de desenvolvimento dos enredos.
Com os ensaios e atividades culturais durante o ano, as escolas precisam de muitos funcionários para a realização de trabalhos diversos.  

Todos com objetivo de realizarem uma grande festa, mas também no sustento de suas famílias durante ano.


Uma das musicas de carnaval que se imortalizou.
PASTORINHAS
(Noel Rosa-Braguinha, 1934)

A estrela d'alva no céu desponta
E a lua anda tonta com tamanho esplendor
E as pastorinhas pra consolo da lua
Vão cantando na rua lindos versos de amor

Linda pastora morena da cor de madalena
Tu não tens pena de mim
Que vivo tonto com o teu olhar
Linda criança tu não me sais da lembrança
Meu coração não se cansa
De sempre sempre te amar

Fontes:

Compartilhar        Home

5 Deixe seu comentário:

Claudia disse...

Para mim carnaval é só alegria, brincar,brincar até não aguentar mais. Só festa e alegria.

Roberta disse...

Esta é uma das festas mais linda do planeta.
Só o brasileiro poderia realizar, por ser um povo,simpático alegre, feliz. Mesmo com todos os problemas que temos.

Neuza disse...

Você poderia fazer uma matéria sobre a PORTELA.
Ela sim, foi um río que passou em minha vida e meu coração se deixou levar...

Odila disse...

É uma pena, mas o desfile das escola no Rio, este ano, vai perder o seu brilho. Com a tragédia(incêndio) que praticamente, destruiu os carros de três escola.

Ranulfo disse...

Claudia, se cuide depois vem a quarta-feira de CINZAS....

Roberta, as vezes fico pensando, é para superar ou compensar, que somos assim.

Oi Neuza, também gosto muito da Portela, porém todas as escolas tem um brilho especial.

Você está certa Odila, mas com certeza eles vão dar a volta por cima.

Beijos

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!