.

O poder das palavras


        
través das palavras não só mostramos nossos sentimentos e desejos, como também transformamos sentimentos, desejos e vidas.
.
As palavras devem mostrar quem somos e o que pensamos a respeito dos fatos e das pessoas.
.
O poder das palavras está diretamente ligado a forma como agimos.
.
Palavras sinceras e consistentes mudam opiniões, transformam vidas, palavras falsas e evasivas caem no descrédito e no esquecimento.

Precisamos ter em mente que as palavras que proferimos podem marcar alguém pelo resto da sua vida, como um sinal que não se apaga. .

Estejamos seguros e conscientes das conseqüências que as palavras possam trazer e representar nas atitudes e comportamento das pessoas como nas nossas.
.
Pensemos sobre o poder das palavras. Será ela negativa ou positiva?  Afinal, as palavras podem libertar ou oprimir, alegrar ou entristecer, fazer viver ou fazer morrer, aliviar ou angustiar, rir ou chorar, incentivar ou esmorecer, amar ou odiar, levar para o bem ou para o mal.

Para refletir
- Quais são as palavras que mais proferimos? São de amor ou de desamor, para curar ou machucar?
- Como transmitimos as palavras? Com humildade ou arrogância, serenos ou agressivos, com sabedoria e sinceridade ou com falsidade e pobreza?
 - Qual é a força das nossas palavras?




Compartilhar                                                                                              Home

4 Deixe seu comentário:

felipe borges disse...

seja feliz e deixe seu recado.

felipe borges disse...

viva a vida bem vivida.

felipe borges disse...

Vida loka.

Anônimo disse...

What's up, I log on to your blog like every
week. Your humoristic style is witty, keep doing what you're doing!


Also visit my site - legal ecstasy ()

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!