.

Vida marinha preservada

Tartarugas marinhas, golfinhos rotadores, baleias jubarte e franca, peixe-boi são espécies típicas da biodiversidade brasileira que precisa de ajuda.
Por meio do programa Petrobras ambiental, uma articulação entre instituições especializadas, o Ministério do Meio Ambiente e as comunidades locais tem garantido melhores perspectivas para esse animais.

Principais resultados:
Aumento da população das espécies trabalhadas.
Ampliação do conhecimento técnico-cientifico sobre as espécies e seu ambiente.
Ampliação de ações de educação e de conscientização ambiental das comunidades.
Criação de alternativas ecônomicas sustentáveis. 

Baleia franca
O projeto foi criado na década de 80 com o objetivo de garantir a sobrevivência e a recuperação desses cetáceos na região de Santa Catrina. Desde então, atua em pesquisa, educação e conscientização e formulação de políticas públicas sobre o assunto. Na lista vermelha organizada pela International Union for Conservation of Nature ( IUCN), a baleia franca deixou a categoria "vulnerável" e, em 2008, passou ao nível de baixo risco.

Baleia jubarte
Conhecida também como baleia corcunda, vive em diversas áreas da costa da Bahia. É lá que se encontra o Projeto Baleia Jubarte.
Além de promover o turismo de observação - uma importante estratégia de conscietização - o projeto realiza trabalhos científicos e educativos.
Na lista vermelha da IUCN,  baleia jubarte deixou a  categoria de vulneravel e, em 2008 pasou ao nivel de baixo risco 

Projeto Tamar
O Projeto Tamar trabalha diretamente com cinco espécies de tartarugas marinhas em perigo de extinção. Mas  sua atuaçlão vai muito além disso. O Tamar apóia ao desenvolvimento das comunidades costeiras, de forma a oferecer alternativas econômicas que melhorem as condições sociais das populações, reduzindo assim a pressão humana sobre as tartarugas marinhas e outras espécies. Hoje o projeto protege cerca de 900 mil filhotes a cada nova temporada e já superou os nove milhões de filhotes lançados ao mar. 

Peixe boi
O peixe boi pertence à ordem Sirênia e é o unico mamifero aquático herbivoro. Ele vive na água mas precisa vir à superfície em intervalos de 2 a 5 minutos para respirar. Pode medir 4 metros e pesar até 800 quilos.
Vive até 50 anos, em alguns casos até 60 anos.
De acordo com a IUCN, todas as espécies de sirênios ainda existentes correm risco de extinção 

Golfinho rotador
O Projeto Golfinho rotador, tem como missão a pesquisa científica como instumento para a preservação da espécie da região de Fernando de Noronha. Também promove atividades educacionais e busca contribuir para o desenvolvimento sustentável da ilha.

Pesquisa:
Revista Ana Maria
Editora Abril
www.planetasustentavel.com.br








                                                             Compartilhar                            Home

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Será um prazer receber comentários, para nós do Varimix, eles são muito importante.

Esclarecemos que, serão avaliados antes da publicação, sendo que comentários obscenos, difamatórios e que não tem relação com o Blog não serão publicados.
Os comentários não refletem a opinião do autor do artigo.

Participem, deixem seu recado.
Abraços!